Pages

Dúvida!

Acima de 30 é tudo a mesma coisa?


Não companheiras balzaquianas, não estamos falando da nossa idade  e sim do famoso FPS, fator de proteção solar, usado para classificar os filtro solares disponíveis no mercado.
 
FPS é a sigla para fator de proteção solar. Ela é uma medida de tempo. Ahn? É assim: se uma pessoa ao se expor ao sol sem proteção nennhuma levaria 12 minutos para se queminar, com um filtro solar de FPS 20 ela vai levar 20 vezes mais esse tempo, ou seja, 240 minutos ou 4 horas.

É por isso que a eficiência do filtro solar em prevenir as queimaduras vai depender em primeiro lugar da pele de quem está usando. Outros fatores também são importantes como a quantidade de filtro solar que é aplicada e as atividades que a pessoa faz durante a exposição. O local de exposição também é importante já que a água amplifica a exposição em até 5% e a areia em 25%!

O FPS mede apenas o grau de proteção contra os raios UVB, os raios UVA (que também são nocivos especialmente a longo prazo). A proteção contra raios UVA é medida pelo % dos raios que ela filtra ou pelo PPD (“Persistent Pigment Darkening”) mas nem todas as embalagens trazem essas informações.
O que ocorre e que gera  dúvida, é que o aumento do percentual dos raios filtrados não cresce proporcionalmente com o aumento do FPS. Veja no gráfico abaixo.
grafico
Assim, enquanto um produto FPS 30 filtra até 96,5% dos raios solares um 60 filtra 98,6% e o FPS 100 filtra cerca 99,0% (nenhum produto filtra 100%).
O que é recomendado pela sociedade brasileira de dermatoloia é que todo mundo deve usar filtro solar de pelo menos FPS 15 e que as pessoas de fototipo de pele mais claros (1 e 2) devem usar pelo menos FPS 30.
Na verdade, acima de FPS 30 o que mais importa é como se usa o filtro do que qual o FPS do produto.
Vale lembrar que quanto mais alto o FPS maior tende a ser o preço do filtro, a oleosidade do produto para um mesmo veículo e também a dificuldade de espalhar no corpo.
Então é questão de pesar o custo/benefício. Se a pessoa tem a pele super clara, sensível e seca, para ela vale a pena investir em um FPS mais alto. Já quem não tem a pele tão clara, mas sim resistente e oleosa, mais vale um FPS 15 ou 30 bem passado e reaplicado generosamente do que uma camadinha fina de FPS 60. Entendidas?

3 comentários:

Mundo da Lud disse...

Menina, assunto muito sério esse!
Minha mãe mesmo, apesar de ser morena, acabou tendo problemas sérios de pele por excesso de sol, e hoje só usa protetor com fator alto, pra amenizar os danos.
Ótimo post! =)
Beijos

Renata Claro disse...

Eu Procuro passar essas informações pois tem muita gente que acha que só se usa protetor no SOl e tals...acho importante esses cuidados, afinal nossa pele sofre todos os danos não é? Ainda bem que sua mamis se cuida..é isso ai!!Bjos

Michelle disse...

Nossa, só sabia que FPS era fator de proteção solar, mas nunca soube sobre esse papo do tempo. Adorei saber. Ótimas dicas e informções preciosas. Beijocas

Postar um comentário